"Que a vossa fé não se baseie na sabedoria dos homens, mas no poder de Deus." 1Cor 2,5
Mensagens de Dom Itamar Vian - 2016   
VIAJANTE DIVINO

Um homem caiu num poço muito fundo. Depois de algumas tentativas convenceu-se que não conseguiria sair dali com seu próprio esforço. Um viajante passou por ali, olhou o homem no fundo do poço e exortou-o para que fizesse boas obras, que meditasse, quem sabe, algum ser divino poderia salvá-lo. Ele continuou seu caminho e o homem continuou no poço.

UM outro viajante disse ao caído que tudo era ilusão, que o poço não existia. Ele continuou o seu caminho, mas o poço era real e real a situação de desgraça. Mais um peregrino olhou para o poço e pediu que ele aceitasse o sofrimento, assim estaria se purificando. E o caído continuou no poço. E com uma certeza: ele não poderia salvar-se sozinho.

UM OUTRO peregrino se aproximou. Era um peregrino diferente e pediu ao caído se ele queria ser salvo. Já sem forças, o caído fez um débil sinal, positivo. Então aquele homem desceu ao fundo do poço, tomou o caído nos braços e com o auxílio de cordas livrou da morte aquele homem.

NÃO SE TRATA de uma lenda, mas de uma história real. A humanidade caiu num abismo intransponível. Místicos e religiosos de todo tipo tentaram explicações ou deram piedosos e inúteis conselhos. E o homem continuava com sua dor, seu abandono. Ele fortalecia seu fatalismo: assim era e assim seria para sempre. Um dia, um viajante divino , Jesus Cristo desceu pelo caminho dos homens. Ele desceu ao fundo do poço e devolveu ao homem a vida, a liberdade, a alegria e a libertação.

JESUS nos revelou o rosto do Pai, o rosto do perdão e da misericórdia. E esse perdão foi tão exigente em Jesus que aceitou morrer por nós. Ele não nos salvou uma única vez, mas nos salva todos os dias. Seu amor jamais volta atrás. Este amor é, aparentemente, contraditório e ilógico. Ele ama os que não merecem o abraço, escolhe os que não merecem ser escolhidos.

JESUS NÃO nos pergunta o que fizemos, mas o que gostaríamos de fazer, não nos pergunta de onde viemos, mas para onde caminhamos. É ele quem acolhe o filho pródigo e lhe devolve a herança, é ele quem busca a ovelha perdida e a carrega no colo. Seu amor é cheio de futuro. Ele nos garante que a vida pode começar agora. Permite que refaçamos hoje nossas escolhas. Ele permite que o ladrão arrependido salte da cruz ao paraíso. E ele - todos os dias - visita o poço, na divina alegria de reerguer o caído.




Clique aqui para retornar ao índice de Mensagens.









Brasão da Arquidiocese de Feira de Santana Secretaria da Arquidiocese de Feira de Santana
Avenida Getúlio Vargas, 394 - Centro
44001-192 Feira de Santana - Bahia, Brasil
Telefone: (75) 3623-2875 
Brasão do Arcebispo Dom Itamar Vian

 Copyright © Arquidiocese de Feira de Santana