"Que a vossa fé não se baseie na sabedoria dos homens, mas no poder de Deus." 1Cor 2,5
Mensagens de Dom Itamar Vian - 2016   
POR QUE UM CALENDÁRIO?

O termo calendário origina-se da palavra latina "calendarium", designando o livro de contas que indica as calendas (primeiro dia de cada mês romano) em que se deviam pagar os juros. Hoje, com a palavra "calendário", designam-se os sistemas elaborados para medir, de modo racional, os dias, as semanas, os meses e os anos, de acordo com os principais fenômenos astronômicos, sobretudo os relacionados com a posição do Sol e da Lua.

O CALENDÁRIO Gregoriano está completando 433 anos. Foi adotado em 1582 e é o mais usado no mundo. É chamado de Gregoriano por ter sido organizado por ordem do papa Gregório 13. Não é perfeito, mas é respeitado como muito sério. Se não fosse assim não subsistiria por 433 anos.

O ATUAL Calendário Gregoriano vem contando o tempo desde o nascimento de Cristo. É o resultado de uma reformulação de outro calendário antigo, o Calendário Juliano, criado por ordem de Júlio César no ano 45 antes de Cristo.

OS ADVERSÁRIOS do atual calendário reclamam da falta de exatidão de algumas datas importantes da história, entre elas o nascimento de Cristo. Para alguns astrônomos, Jesus teria nascido quatro anos antes data fixada pelo calendário atual. A data do nascimento de Cristo, portanto, fixada para 25 de dezembro e 300 anos depois do seu nascimento, é um motivo para grandes discussões.

O CALENDÁRIO é uma seqüência de ritos, que vão marcando a rotina do cidadão desde o momento em que ele acorda até ir dormir. Não há como fugir desta seqüência de ritos, de tal forma que acabamos todos nos tornando escravos do tempo e, sobretudo, do relógio. De qualquer forma, o calendário é fundamental para a vida do ser humano, e influi em todas as atividades, de modo especial na agricultura, na definição de festas religiosas, feriados...

O MAIS importante para a vida é ter consciência que o tempo passa e com ele nós passamos. O calendário marca o nosso tempo. Determina nossos dias. Divide nosso ontem, nosso hoje e nosso amanhã. Localiza nossa vida e atividades no ano, no mês, na semana, no dia. É nele que estabelecemos o começo e o fim de tudo o que fazemos. Por ele sabemos que o ontem e o amanhã não estão em nossas mãos. Nossa responsabilidade está no hoje. Ali está nosso compromisso de fazer o bem, hoje.




Clique aqui para retornar ao índice de Mensagens.









Brasão da Arquidiocese de Feira de Santana Secretaria da Arquidiocese de Feira de Santana
Avenida Getúlio Vargas, 394 - Centro
44001-192 Feira de Santana - Bahia, Brasil
Telefone: (75) 3623-2875 
Brasão do Arcebispo Dom Itamar Vian

 Copyright © Arquidiocese de Feira de Santana